Nacional

Sé e Pinheiros vão concentrar maior parte dos blocos neste carnaval; veja lista

Publicado

source
carnaval em são paulo arrow-options
Tomaz Silva/Agência Brasil – 24.2.19
Em 2019, blocos de rua atraíram público de 5 milhões de pessoas em São Paulo.

Sol, calor e muita festa vão embalar os dias de carnaval em São Paulo. A  programação oficial da Prefeitura conta com mais de 630 atrações confirmadas, que incluem blocos com as tradicionais marchinhas até atrações alternativas que vão animar multidões com soul music, hip-hop e rock. Independente do estilo musical que o bloquinho vai tocar, o que todo folião quer é uma festa com espaço para circular e se divertir. Para te ajudar, montamos um mapa com as áreas que vão concentrar mais bloquinhos durante os festejos de 2020.

Leia mais: Perigômetro da folia: veja áreas com mais ocorrências no carnaval de São Paulo

Entre as áreas mais adensadas, está a região da , na área central da capital paulista. Na área, estão confirmados 183 blocos oficiais. A segunda área com maior concentração de bloquinhos é Pinheiros , que neste ano tem na agenda 103 grupos diferentes. Confira abaixo o mapa completo das áreas em que o fervo do carnaval promete:



Segurança Pública

O furto está em primeiro lugar entre os crimes mais praticados no carnaval em São Paulo . Em 2019, a Polícia Militar registrou 1.981 ocorrências durante a passagem de megablocos . O número é menor que os registrados em 2018 na República, no qual ocorreram 2.172 ocorrências gerais e 3.421 furtos na cidade durante o carnaval .

Foliões também registraram o golpe da troca de cartão bancário, feito por ambulantes. A maior incidência aconteceu no centro e na zona oeste de São Paulo. O crime acontece quando os ambulantes vendem bebidas ou alimentos e, durante a devolução após a passagem do valor na maquininha, o cartão que vai com o folião não é o dele. A senha é decodificada e os ambulantes vão até um caixa eletrônico para sacar o dinheiro da conta.

Força-tarefa no carnaval 2020

Ações preventivas e ostensivas de policiamento serão intensificadas ao longo de todo o período de carnaval a fim de combater práticas criminais, inclusive as de cunho sexual, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo. Equipes da Polícia Militar farão monitoramento em tempo real com a ajuda do Dronepol, equipamento de filmagem que sobrevoa as áreas da cidade. As imagens serão analisadas por policiais treinados a identificar atitudes suspeitas em meio aos foliões e nas áreas próximas ao evento. 

Leia também: Confira a programação dos blocos de rua de Pré-Carnaval 2020 em São Paulo

Em nota, a SSP informou que “a Polícia Militar tem participado das reuniões com a prefeitura, órgãos de transportes, cultura municipais e estaduais, para definição das estratégias de segurança, como efetivo, locais e horários” e que “a Polícia Civil está trabalhando com o planejamento estratégico para aprimorar o atendimento policial nos plantões”. O litoral paulista terá reforço nas equipes da Superintendência da Polícia Técnico Científica para dar continuidade à Operação Verão durante o carnaval .

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Rio distribui preservativos, álcool em gel e protetor solar para foliões

Publicado


source
camisinha arrow-options
CONTRACEPTIVE/REPRODUÇÃO

Governo do Rio distribui preservativos, álcool em gel e protetor solar durante o carnaval

Durante o Carnaval deste ano, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Rio de Janeiro está com uma campanha de distribuição de 100 mil camisinhas, 200 mil doses de protetor solar e 150 mil doses de álcool em gel. O objetivo é garantir ao folião uma festa sem sustos nem arrependimentos.

Leia também: Cerveja vendida nos bloquinhos de SP é até 48% mais cara do que em supermercados

Na Marquês de Sapucaí , por exemplo, nos dias de desfile, o governo distribui 90 mil preservativos, o restante, em blocos de rua. Totens com protetor solar também estão espalhados pela orla de Copacabana, Ipanema, Leblon e Barra da Tijuca, em blocos e locais de grande circulação, como a Rodoviária do Rio.

Ao todo, são 28 pontos fixos e cinco itinerantes. Promotores da SES estarão nos blocos da Anitta , Fervo da Lud, Carrossel de Emoções, Cordão do Boitatá, Carioca da Gema, Sargento Pimenta e Orquestra Voadora, onde serão oferecidos preservativos e protetor solar. Já os 24 totens de álcool em gel estão posicionados nas rodoviárias do Rio e Cabo Frio, além de um na Sapucaí. 

Leia também: Bancos terão programação especial entre segunda e quarta por conta do carnaval

De acordo com o secretário da pasta Edmar Santos, as ações ajudam a proteger a população. “É fundamental que a gestão em saúde pública seja transversal e que tenha cada vez mais o olhar de promoção e prevenção em saúde. Queremos que essa festa seja curtida da melhor forma possível”, afirma.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Novo coronavírus: grupo em quarentena em Anápolis será liberado neste domingo

Publicado


source

Agência Brasil

O grupo de repatriados da China que está em quarentena na Base Aérea de Anápolis será liberado neste domingo (23). Na última sexta-feira (21), foi feita a terceira e última coleta de material para exame específico para o novo coronavírus e, após análise do Laboratório Central do Estado de Goiás, os resultados foram negativos.

Leia também: Com medo do coronavírus, ucranianos atacam ônibus com pessoas retiradas da China

Coronavírus  arrow-options
Agência Brasil

Coronavírus


“Todos os hóspedes da Base Aérea de Anápolis, que permanecem com o quadro assintomático, serão transportados, neste domingo, pela Força Aérea Brasileira para nove estados do Brasil”, diz a nota divulgada pelo Ministério da Defesa neste sábado (22) sobre casos de coronavírus.

No dia 5 de fevereiro, duas aeronaves da Força Aérea Brasileira foram à China buscar brasileiros em Wuhan, epicentro da doença que já matou mais de 2.300 pessoas na China . Entre brasileiros e familiares de outras nacionalidades, 34 chegaram ao Brasil no dia 9 de fevereiro. Além dos repatriados, 24 profissionais que fizeram parte do resgate também estão cumprindo a quarentena de 18 dias contados a partir da decolagem do avião brasileiro no dia 5. O procedimento é um protocolo internacional para evitar a disseminação da doença no Brasil.

Casos suspeitos

Até o momento, no Brasil, não há registro de casos da doença. O mais recente boletim epidemiológico do Ministério da Saúde mostra que, no período entre 18 de janeiro a 21 de fevereiro de 2020, foram notificados 154 casos para investigação de possível contaminação pelo coronavírus (COVID-19). O primeiro caso suspeito no Brasil foi notificado no dia 22 de janeiro de 2020. Desse total, apenas um caso (0,7%) caso permanece em investigação como caso suspeito, 51 (33,1%) foram descartados por confirmação laboratorial para outros vírus respiratórios e 102 (66,2%) foram classificados como excluídos, por não atenderem à definição de caso.

Leia também: Mulher é presa após simular sintomas do coronavírus para ser prioridade em UPA

“Destaca-se, no entanto, que todos os casos excluídos estão sendo monitorados conforme protocolo da vigilância da Influenza. O perfil epidemiológico do atual caso suspeito é: brasileira, sexo feminino, 21 anos de idade, residente da China, encontra-se atualmente no RJ, chegou ao Brasil no dia 17 de fevereiro de 2020, início dos sintomas no dia 11 de fevereiro de 2020 (febre,tosse,dor de garganta e fraqueza)”, diz o boletim.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), não foi estabelecido um tratamento definitivo para a doença. Contudo, a organização está aguardando os resultados de dois ensaios clínicos, incluindo uma combinação de medicamentos antivirais usados no tratamento do HIV. Os resultados devem ser conhecidos em três semanas.

Leia também: Coronavírus: primeiro grupo de passageiros começa a deixar navio em quarentena

Disseminação

As autoridades informaram sobre um número adicional de 397 casos de coronavírus confirmados, elevando o total de infecções para 76.288. Acrescentaram que o vírus está se alastrando em diversas prisões nas províncias de Hubei, Zhejiang e Shandong, onde mais de 500 presos e agentes penitenciários foram infectados.

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana