Mato Grosso

Seduc apresenta Política Curricular e Ciclo de Aprendizagem de MT

Publicado

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) realizou nesta quinta-feira (21.11), no auditório da pasta, o 1º Simpósio “A Política Curricular e Ciclo de Aprendizagem”. O objetivo do evento foi apresentar aos técnicos da Seduc, ligados à Secretaria Adjunta de Gestão Educacional, o processo de construção da Política Curricular para o Estado de Mato Grosso, com ênfase na Organização Curricular por Ciclo de Aprendizagem.

O Simpósio foi dividido em três momentos, o primeiro com uma abordagem geral da Base Nacional Curricular (BNCC) e o Documento de Referência Curricular (DRC/MT) – Currículo e Políticas Educacionais em Mato Grosso, apresentado pela professora doutora Irene Souza Costa; em seguida, a professora doutora Geniana dos Santos falou sobre a Política de Organização Curricular por Ciclo de Aprendizagem. Encerrando os trabalhos, o professor doutorando Edwaldo Dias Bocuti fez uma apresentação sobre o Sistema SigEduca: Avaliação por habilidades.

Conforme a secretária adjunta de Gestão Educacional, Rosa Maria Luzardo, a nova organização promoverá mudanças no currículo de 426 unidades escolares da rede estadual, que ofertam o ensino fundamental regular, e o simpósio visa difundir a respectiva proposta, enquanto política educacional do Estado, para que os profissionais lotados na Seduc tomem conhecimento do mesmo. O intuito do trabalho é garantir o direito de aprendizagem dos alunos conforme a Base Nacional Curricular e o Documento de Referência Curricular de Mato Grosso, bem como o alinhamento às Políticas Curriculares Nacionais.

“O que está sendo apresentado aqui é o que vamos levar a todas as escolas estaduais. Estamos trabalhando com afinco e focados para que possamos disseminar e executar com propriedade e tenhamos resultados”, ressalta Rosa Luzardo.

A coordenadora de Currículo e Avaliação da Seduc, professora Irene Souza, falou sobre os principais fundamentos que a BNCC traz para a política educacional do Estado de Mato Grosso e para o currículo. Falou ainda da articulação da mesma com o ciclo de aprendizagem, ou seja, como o DRC será ofertado nos espaços da escola e a organização do currículo.

Irene Souza lembrou que a BNCC é um documento de caráter normativo que define as aprendizagens essenciais que todos os estudantes devem desenvolver ao longo da educação básica de forma progressiva e por áreas de conhecimento.

“A BNCC traz as aprendizagens essenciais que todos os estudantes devem desenvolver ao longo da educação básica e de forma progressiva. Esse trabalho começa na educação infantil e vamos consolidar todos esses conhecimentos na etapa do ensino médio, por meio de um trabalho que estamos concluindo agora”, explicou.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Itens da cesta básica, como o açúcar, continuam isentos da cobrança de ICMS em MT

Publicado

Com exceção da carne, o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em Mato Grosso continua a não ser cobrado sobre os produtos que compõem a cesta básica.

A nova lei que reduziu os incentivos fiscais no Estado, que passou a vigorar este ano, manteve a isenção aos produtos da cesta: leite, feijão, arroz, farinha, batata, legumes (tomate), pão francês, café em pó, frutas (banana), açúcar, banha/óleo e manteiga.

Apesar disso, alguns itens têm sofrido aumento de preços, como o açúcar. Até dezembro de 2019, o açúcar cristal de dois quilos era vendido a uma média de R$ 3,50. Desse valor, R$ 2,76 era o preço que o dono do supermercado pagava pelo produto. Como não é cobrado imposto sobre os alimentos da cesta básica, os R$ 0,74 restantes do açúcar eram o lucro do proprietário.

Com a nova legislação, o açúcar cristal de dois quilos passou a ser vendido, em média, por R$ 4,56. Desse valor, o dono do supermercado continuou a pagar os mesmos R$ 2,76 pelo produto e também continuou a não ser cobrado imposto do açúcar, tendo o dono do supermercado aumentado a margem de lucro para R$ 1,80.

Ou seja, do R$ 1,06 que o consumidor está pagando a mais esse ano, não há um único centavo de imposto e sim aumento da margem de lucro do supermercado, que saltou de R$ 0,74 em 2019 para R$ 1,80 em 2020, um aumento de 143,2%.

Desta forma, cabe aos supermercados explicarem o porquê dos aumentos substanciais nos preços destes produtos, especialmente do açúcar, uma vez que o Estado continua a não cobrar um único centavo de ICMS sobre o produto.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Atletas veteranos e jovens talentos de MT inauguram estrutura do complexo esportivo

Publicado

Uma das obras mais esperadas pelos de atletas de Mato Grosso finalmente foi concluída e está pronta para receber praticantes de diversas modalidades esportivas. Nesta terça-feira (28.01), os portões de acesso ao Centro Olímpico de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso o (COT UFMT) foram abertos para diferentes modalidades do atletismo.

Ao longo de todo o dia, importantes campeões mato-grossenses vão passar alguns ensinamentos para jovens atletas da rede pública de ensino. As atividades fazem parte da programação de lançamento do complexo esportivo, uma parceria entre a Federação de Atletismo de Mato Grosso, a Secretária de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso (Secel-MT) e UFMT.

A extensa programação dedicada ao esporte iniciou às 8h, com a prova de corridas de meio-fundo e fundo. A modalidade foi ministrada pelo professor Sivirino Souza dos Santos, do município de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. O treinador consagrado, atual campeão da Copa Brasil de Cross Country,  relembra como foi o início da carreira, dificuldades enfrentadas pelos atletas e as perspectivas com a conclusão do COT UFMT, a ser inaugurado pelo governador de Mato Grosso, Mauro Mendes.

“Dia 20 de janeiro completou 31 anos que iniciei no atletismo, na cidade de Barra do Garças. Naquela época a gente era considerado louco, pois era uma coisa nova que ninguém conhecia. Em Barra do Garças não tinha absolutamente nada, apenas as ruas para correr. Mas nós acreditamos muito! De 1989 para cá, já foram muitas conquistas no esporte brasileiro, porém, não tínhamos muitas condições e estrutura para treinos. Treinávamos na terra batida, na lama, na brita, com chuva, água até o tornozelo… Muitas dessas dificuldades permaneceram por muito tempo, até agora, com a chegada do COT, que é um centro de treinamento de excelência, um dos melhores do país, com equipamentos de pontas. Com isso, acreditamos muito na nossa equipe do atletismo que agora pode alçar voos mais altos”, relata Sivirino.

A treinadora Maria Aparecida de Souza, ex-atleta de provas de salto triplo e única cuiabana a participar de uma olimpíada, também falou das dificuldades enfrentadas na época de treino intenso e destacou que a entrega do Centro de Treinamentos é a realização de um sonho.

“Fui atleta em Mato Grosso durante 24 anos da minha vida. Eu não tinha essa estrutura que nossos atletas vão ter, a partir de agora. Toda essa estrutura é um sonho realizado para quem foi ex-atleta, nasceu aqui neste Estado, representou o país treinando em lugar sem nenhuma condição. Eu repasso tudo isso para os atletas que treinam comigo hoje em dia e relembro que corria na terra, treinava no fundo de uma escola e também corria na pista do atual COT que era de brita. Eu chegava nos grandes Centros e ganhava das meninas que tinha condições. Essa nova estrutura trará muitas perspectivas para nossos atletas”, diz Cida.

Por falar em novos talentos, Lissandra Campos, 17 anos, atleta do salto em distância, da cidade de Nossa Senhora do Livramento, uma das muitas promessas que treinam com a professora Cida, fala sobre sua expectativa para o novo centro de treinamento.

“Essa pista foi tão esperada por tantos atletas, que parece um sonho. Agora teremos melhores condições de treinamento e poderemos competir de igual para igual com atletas de qualquer parte do mundo”, comemora.

Para o secretário-adjunto de Esporte, Jefferson Neves, se depender das novas instalações do COT UFMT, o futuro dos nossos atletas está garantido e poderão competir em pé de igualdade com esportistas de qualquer parte do mundo.  

“Agora nossos atletas estão em igualdade de condição em relação a equipamentos e espaço de treinamentos. Eu treinei aqui (no COT), quando adolescente, depois como acadêmico de educação física e, mais tarde, como profissional. Fico muito feliz em ver esse lugar transformado. É bem verdade que deu muito trabalho, o pessoal da Secretaria de Infraestrutura (Sinfra-MT) foi muito guerreiro, o governador Mauro Mendes e o secretário Allan Kardec. Graças a esse esforço conjunto, podemos colher bons frutos, daqui em diante. Estou muito orgulhoso. São momentos como este que fazem vale a pena nossos esforções”, diz Jefferson.

Estrutura do COT UFMT e programação da tarde

O COT da UFMT possui estrutura de 5,4 mil metros quadros, divididos em três pisos com espaços para realização de competição no campo de futebol, pista de atletismo de padrão internacional e arquibancada com capacidade para acomodar 1,5 mil pessoas.

Além disso, o espaço possui oito banheiros, sendo quatro para Portadores de Deficiência (PCDs), seis salas de aula, quatro camarotes, um local para lanchonete, sala antidoping, auditório, elevador com acessibilidade, duas salas de apoio, uma sala técnica, dois depósitos e um mirante.

No período da tarde desta terça-feira (28), a partir das 14h, os treinadores e os atletas das modalidades corrida com barreiras, salto horizontal e salto em alturas retornam para o complexo esportivo para dar continuidade às atividades programadas para todo o dia.

Outra grande atração esportiva que faz parte da programação é o jogo de Futebol Americano do Cuiabá Arsenal, time campeão do Brasil. A partida está marcada para acontecer por volta das 16h30, no campo de futebol.

Às 18h30, o governador Mauro Mendes, o secretário de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT), Marcelo de Oliveira, o secretário de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), Allan Kardec, e demais representantes do Poder Executivo participarão da cerimônia de entrega oficial do COT para a UFMT.

Após a cerimônia, está agendada para 19h a última programação do evento. Na ocasião, atletas de diversas categorias farão uma demonstração para, de maneira simbólica, inaugurar o complexo esportivo. Entre as atividades estão o revezamento 4×100, salto triplo, salto em distância e lançamento de dardos.

A princípio, o COT UFMT será utilizado por atletas de alto rendimento e acadêmicos do curso de Educação Física. Em breve, a Universidade Federal de Mato Grosso anunciará a programação de atividades.

Serviço

Programação de inauguração do COT MT

Terça-feira (28.01)

No Centro Olímpico de Treinamento da UFMT, Campus Cuiabá 

– Camping de Atletismo: entre 8h e 18h 

– Cerimônia de lançamento: às 18h30

– Atividades esportivas: a partir das 19h

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana