Momento Cidades

Tribuna Livre faz prévia de Audiência Pública que vai discutir depressão

Publicado

A enfermeira Maria Aparecida Milhomem, da Equipe Técnica de Coordenação de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde, utilizou o espaço Tribuna Livre na sessão ordinária desta terça-feira (24) para relatar as condições atuais que a rede municipal de saúde dispõe para atender aos casos de transtorno mental, fator destacado que leva ao cometimento de suicídios.
A profissional compareceu ao Legislativo Municipal a convite do vereador Toninho de Souza (PSD). Toninho justificou como a prévia de um debate que vai ocorrer no próximo dia 30 (segunda-feira, a partir das 9h, no Plenário da Câmara), em uma Audiência Pública que vai debater a necessidade de “tratamento, prevenção e acolhimento” às pessoas que apresentam quadro de depressão.
O vereador disse que é preciso mostrar à sociedade que a rede pública municipal já tem um encaminhamento para o tratamento do transtorno mental. “Reconheço, porém, que existem carências, sobretudo, quanto à depressão”, alertou.
Ele salientou que propôs a Audiência Pública com o intuito de exigir do poder público a implantação de uma linha de atuação para o atendimento dos casos de depressão e de doenças correlacionadas, como o autismo, hiperatividade e outras. “O município já dispõe de profissionais capacitados e estrutura para ao menos começar esse trabalho”, disse Toninho.
A enfermeira explicou que os quadros classificados como alteração da saúde mental, desde há pelo menos 20 anos, vem passando por uma adequação, no Brasil, que envolve a adoção de nova metodologia de tratamento.
Com isso os tradicionais locais de internação – como o Hospital Adauto Botelho – vão sendo substituídos por outros espaços, na intenção de tornar o tratamento mais humanizado. “O confinamento de pacientes, já está provado, mais complica do que ajuda no tratamento, porque afasta o indivíduo do convívio familiar e social”, revelou Milhomen.
Os quadros classificados como problemas mentais, observou a palestrante, estão, geralmente, relacionados ao uso de álcool e outras drogas e são caracterizados como agravos à saúde mental e têm ligação direta à maioria dos casos de suicídio.&nbsp
TRATAMENTO – Em Cuiabá, conforme relatou Milhomen, está em funcionamento a RAPS (Rede de Atenção Psicossocial) – programa co-financiado pelo governo estadual – que dispõe de 5 Caps (Centros de Atenção Psicossocial), locais onde funcionam serviço que dá assistência às pessoas adultas com transtornos mentais severos ou pessoas em uso ou abuso de álcool e outras drogas seis residências terapêuticas, casas de moradia destinadas a pessoas com transtornos mentais impossibilitadas de retornar às suas famílias de origem ambulatórios de saúde mental, sendo quatro adultos e um infantojuvenil, que funcionam nas policlínicas.
Além disso, planeja-se a construção de duas unidades de acolhimento. Um serviço inovador no tratamento dos transtornos mentais, conjuntamente, a possibilidade de reestruturar o prédio do antigo Pronto Socorro criando entre 12 e 15 leitos de observação de pacientes.
Hoje o que mais falta no estado como um todo e não só em Cuiabá, é um hospital geral voltado para o atendimento dos pacientes com transtorno mental. Nesse quesito, Mato Grosso é o único estado do Centro Oeste que não dispõe de hospital generalista e, inclusive, fere legislação federal que estabelece a obrigatoriedade da existência de pelo menos uma dessas unidades em cada ente federado.
A ampliação da rede de atendimento a pacientes que apresentam quadro de transtorno mental é essencial para o propósito da Audiência Pública, pois, conforme sustentam diversos estudos, 90% dos suicidas não procuraram atendimento especializado.
A questão é bastante complexa, contudo. Além das dificuldades inerentes aos quadros que se compõem de sintomas semelhantes, dificultando diagnóstico e tratamento, acrescentam-se estigmas solidificados na sociedade, que ao longo da história desenvolveu o costume de afastar e até mesmo encarcerar as pessoas que manifestam comportamento fora do padrão social.

Etevaldo de Almeida | Câmara Municipal de Cuiabá

Leia mais:  Misael homenageia representantes comerciais na Câmara

Imprimir Voltar Compartilhar:  

</div

Fonte: Câmara de Cuiabá MT

Comentários Facebook
publicidade

Momento Cidades

Sine Municipal oferece mais de 50 vagas de emprego; Confira

Publicado

O Sine Municipal oferece 56 vagas de emprego para semana. Auxiliar de linha de produção, cozinheiro, vigia noturno e auxiliar administrativo estão entre os cargos divulgados nesta terça-feira (26).  Os salários incluem benefícios negociados diretamente com os contratantes.

Além de se candidatarem às oportunidades, os interessados podem solicitar a Carteira de Trabalho e dar entrada ao seguro desemprego.

Para cada um dos serviços oferecidos, são distribuídas 50 senhas, a partir de 7h. Contudo, se os cidadãos forem atendidos antes do horário de encerramento, às 17h, os servidores continuam recebendo as demandas dos que chegarem. Não é necessário fazer agendamento prévio.

É importante destacar que os candidatos devem comparecer ao órgão periodicamente para atualizarem seus cadastros, aumentando assim as chances de conquistarem uma vaga. Sendo assim, é fundamental buscar um dos postos de atendimento portando carteira de trabalho, RG, CNH e comprovante de endereço.

Confira anexo:

Leia mais:  Vereador Misael Galvão visita obras em andamento na Capital

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Cidades

Semob devolverá mais R$ 40 mil a ex-proprietários de veículos leiloados

Publicado

A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) devolverá R$ 48.462,69 a proprietários de veículos que foram a leilão. A iniciativa obedece ao artigo 35 da Resolução 623 do Código Nacional de Trânsito (Contran), que prevê que os valores arrematados no trâmite sejam utilizados para o seu custeio e que o restante seja destinado ao Fundo Municipal de Trânsito e rateado entre os ex-proprietários. 

Assim, o montante será dividido a partir do coeficiente de percentual previsto na legislação. “Sendo assim, restando saldo do produto apurado na venda de cada veículo, quitados os débitos e as despesas previstas na resolução do Contran, este deverá ser mantido em conta remunerada na agência bancária pública ou privada que o órgão detenha suas movimentações regulares”, diz trecho da Resolução. 

É importante destacar que, quando os débitos do certame não são quitados, não há saldo para ex-proprietários. Caso contrário, o órgão responsável pelo leilão tem prazo de 30 dias, contados a partir da realização, para notifica-los para que realizem o levantamento do saldo. Os interessados no recebimento terão acatado requerimento por meio de processo administrativo. 

Leia mais:  Portadoras da fibromialgia pedem aprovação de lei na Tribuna Livre

Para isso, serão anexados os seguintes documentos: requerimento de retirada do saldo registrado com indicação da conta bancária a ser creditada; no caso de pessoa física, cópia de documento de identidade e do CPF, ou, no caso de pessoa jurídica, cópia do contrato social e do CNPJ; comprovante de quitação do financiamento anotado no registro do veículo, se for o caso;

Confira os nomes dos notificados:

João Santos do Nascimento – Vw Saveiro

Magno Lima de Carvalho – GM S10

F. F. Lopes da Silva e Cia Ltda – Fiat Strada

Vilma Francisco de Lara – Honda Civic

Robson Saldanha – M.Benz ML350

José Carlos de Vasconcelos – GM S10

Gino Moraes Nunes ME – VW Saveiro

Marcelo dos Santos Ribeiro – Fiat Palio

Celso Abadio de Almeida – Suzuki GSXR750

Fernando Augusto de Carvalho – Fiat Uno

Weslley Borges Costa – Vw Gol

Fabricia Xavier Martins – Vw Tiguan

Paulo Henrique Zumerle Furtado – Honda CRV

Leia mais:  Escolas e creches municipais farão coleta seletiva de óleo de cozinha

Fabricio Henrique P B de Oliveira – Honda FALCON

Sidney Augusto Leite – Renault LOGAN

Thiago de Amorim Batista  – Ford Fiesta

Roberto Cavalcante de Carvalho – Fiat Siena

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana