Momento Destaque

Tropas do Exército brasileiro reforçarão o combate aos crimes ambientais na operação “Verde Brasil 2” no Mato Grosso

Publicado

Mato Grosso contará com reforço do Exército Brasileiro(foto) no combate aos crimes ambientais.

Para isso, o Exército lançou a operação “Verde Brasil 2” que atuará em conjunto com a operação “Amazônia Arco Norte”, desencadeada pelas secretarias de Estado de Meio Ambiente (Sema) e de Segurança Pública (Sesp).

Nesta semana, os alvos  foram  levantados pelos órgãos de fiscalização ambiental e de segurança pública.

A partir disso, as Forças Armadas vão planejar como será a atuação deles na Amazônia Legal, que engloba a faixa de fronteira, as terras indígenas, unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas federais no estado.

De acordo com o comandante da 13ª Brigada de Infantaria Motorizada, o general de brigada Reinaldo Salgado Beato, o objetivo é zerar, se possível, o desmatamento e os incêndios ilegais.

“É um objetivo do vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, que preside o Conselho Nacional da Amazônia Legal. O Exército tem cerca de 2.700 homens em Mato Grosso que podem ser empregados nesta ação e estamos recebendo reforços de Campo Grande, Brasília e contamos com as forças de segurança estadual. Temos três aeronaves e podemos ter mais, dependendo da necessidade, além de caminhões e motos”.

Por meio da Garantia da Lei e da Ordem (GLO), requisitada pelo governador Mauro Mendes e autorizada pela presidência da República, as forças de segurança estadual e federal poderão atuar em conjunto tanto em terras federais quanto nas estaduais. Por meio desse alinhamento entre as duas esferas de governo, o enfrentamento ao crime terá uma força maior em Mato Grosso.

“Quem apostar na impunidade vai se dar mal e terá graves consequências. Estamos unidos, Governo Federal, Governo Estadual, todas as forças de segurança estadual e federal para que possamos dar resposta efetiva em prol do meio ambiente e da economia brasileira que depende muito da nossa imagem ambiental perante o mundo”, disse o General, Mourão.

O Governador do Estado, Mauro Mendes, Mendes ressaltou ainda que o governo tem orçamento estimado em quase R$ 100 milhões para investir na ação. “Parte dos recursos são do acordo de leniência com a Petrobras, mas grande parte são aportados pelo governo do estado com homens, em diárias, em equipamentos, combustível e viaturas. Não pouparemos esforços para manter a legalidade na área ambiental no nosso estado”.

Caso haja apreensões de equipamentos, o Estado e o Exército vão agir dentro da lei e, se necessário, os equipamentos poderão ser destruídos ou removidos para dar a aplicação correta e adequada, na forma da lei.

Comentários Facebook
publicidade

Momento Destaque

Dentista brasileira testa pela primeira vez vacina contra covid 19 produzida no País, é monitorada 24 horas por dia e passa bem segundo os médicos

Publicado

A luta contra o coronavírus só está começando. Mas, já temos vários avanços, entre eles é a expectativa pela vacina contra a covid-19 que já está em fase de testes com humanos.

A dentista brasileira, Denise Abranches(foto), foi a primeira pessoa a se submeter aos testes da vacina e já recebeu sua dose do imunobiológico.

Coordenadora de odontologia do Hospital São Paulo, ela se afastou de suas atividades laborais no dia 20 de junho, e foi direto para o CRIE – Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais, onde recebeu a primeira dose da vacina contra a covid-19.

Denise está isolada, não vê sua mãe há quatro meses, no isolamento ela é monitorada e vive 24 horas alimentando o diário eletrônico com informações de sintomas corporais e temperatura, mas continua com os mesmos cuidados de higiene com as mãos e uso de máscara de proteção.

Ela diz que está se sentindo bem fisicamente, mas terá que ficar disponível até que todos as fases do teste sejam concluídos. Denise abriu mão de tudo para ajudar a todos contra essa doença maldita e diz que se sente segura, pois confia na integridade dos estudos e competência do Laboratório Oxford que está produzindo a vacina.

 

Otavio Ventureli(com plantaoaovivo.)

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Destaque

Morre de infarto aos 47 anos “Jaburu” servidor público em MT que ficou conhecido no País por escrever em Praça “Felis Natal”

Publicado

Lindomar Lourenço Martins, de 47 anos(foto), conhecido por “Jaburu”, morreu na manhã deste sábado (04), vítima de um infarte fulminante.

Servidor público da Prefeitura do Municipio de Jaciara, em Mato Grosso, ele ficou conhecido nacionalmente em 2018, após erro de grafia ao escrever “Felis Natal”, no gramado da praça Tamoio, no Centro do município.

O erro rapidamente identificado e corrigido acabou viralizando por conta do registro compartilhado na internet, que acabou viralizando. Das críticas iniciais, Jaburu passou a receber o carinho dos internautas pela iniciativa. Chegou a participar do programa Encontro com Fátima Bernardes, viajando para o Rio de Janeiro (RJ).

No programa, Lindomar comentou que não percebeu quando tiraram a foto. “Nem notei, eu estava de costas, e quando me falaram já estava na internet. E só tinha críticas no começo”. Segundo ele, quando chegou em casa e contou para sua esposa, ela até queimou o almoço. Logo depois, seu filho chegou e também viu a repercussão negativa. “Mas ele falou pra mim: ‘Pai, não esquenta não, tem muitas pessoas maldosas no mundo’”, lembrou o jardineiro.

Segundo informações de um amigo de Lindomar, a equipe do Samu foi acionada, mas ele não resistiu e faleceu na sua própria residência.

 

Otavio Ventureli(com rdnews)

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana