Momento Destaque

Vereadores aprovam a nova planta genérica e IPTU 2020 terá aumento de aproximadamente 6%

Publicado

Segundo o secretário de Finanças, a previsão é lançar a campanha no início do ano, aumentando a tabela de descontos e parcelamentos

Os vereadores aprovaram na noite desta segunda-feira (07), em sessão ordinária, o Projeto de Lei n. 09/19, que trata da atualização da planta genérica do município.

A planta genérica é um dos índices que compõe o cálculo do Imposto Predial, Territorial Urbano (IPTU). Para 2020, a previsão é de um acréscimo de aproximadamente 6%, em relação a 2019.

De acordo com o vereador Airton Callai (PRB), a atualização da planta genérica deve ser realizada todos os anos. O índice também é utilizado como base para a cobrança do Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).

“O recurso do IPTU é importante para o município, porque é com ele, que a prefeitura mantém os serviços, desde a saúde, educação, a limpeza da nossa cidade.”

Para 2020, a expectativa é alcançar o mesmo valor arrecadado em 2019, pouco mais de R$ 21 milhões. Entre as receitas próprias, o IPTU é a segunda melhor fonte de arrecadação, perdendo apenas para o ISSQN.

Leia mais:  Atualizada: Acidente na MT- 449 deixa um homem preso as ferragens

O secretário municipal de Finanças Giovanni Rodrigues explicou que a previsão é lançar a campanha de arrecadação no início do ano, com descontos atrativos e parcelamento maior.

“Com os descontos e facilidades da campanha, o acréscimo previsto para o ano que vem será reduzido. Também estamos estudando aumentar a tabela de incentivos para aqueles que optarem pelo pagamento à vista.”

O projeto foi aprovado com quatro votos favoráveis, Airton Callai, Marcos Paulista, Roberto Barra e Fernando Pael e três contrários, Mano, Dr. Wagner Godoy e Márcia Pelicioli.

Segundo o vereador Mano (PDT), o aumento do IPTU não condiz com a realidade do município, com o desemprego e mais uma vez, quem vai pagar a conta são os contribuintes.

O vereador ressaltou ainda que durante a campanha eleitoral, o atual prefeito Luiz Binotti, se comprometeu em reduzir a carga tributária.

“Eu não acho justo. No plano de governo do prefeito, ele prometeu que seria uma gestão diferente, que os impostos eram um absurdo e que ele iria baixar. Cabe aqui a nossa responsabilidade em se posicionar e fazer com que ele cumpra com o que prometeu.”

Leia mais:  Caminhão com excesso de carga cai em ponte interditada em Juscimeira

Ascom/Marcello Paulino

Comentários Facebook
publicidade

Momento Destaque

Prefeitura implanta sinalização horizontal para organizar fluxo de veículos em pontos críticos

Publicado

por

 Depois de implantar sinalização horizontal no entroncamento da BR-070 com a Avenida Vereador Clóvis Cesar de Lima, um dos pontos considerado crítico, o Departamento Municipal de Trânsito Urbano (DMTU) de Campo Verde, está sinalizando outros locais da cidade.
De acordo com diretor do DMTU, Jairo Freitas, a sinalização e implantação de tachões visam disciplinar o trânsito e regular o fluxo de veículos nesses locais, que são considerados críticos, reduzindo os riscos de acidentes. 
Durante esta semana, os trabalhos foram realizados nos cruzamentos da Rua Santos e Florianópolis com a Avenida Brasília, no entroncamento das Avenidas Brasília e Brasil, e no entroncamento da Avenida Santa Maria com a MT-140, no bairro Chácara das Uvas.

Fonte: AMM
Comentários Facebook
Leia mais:  Desembargadora do TJ MT Maria Erotides faz balanço das primeiras audiências públicas
Continue lendo

Momento Destaque

Caminhão com excesso de carga cai em ponte interditada em Juscimeira

Publicado

por

Um caminhão VW 23220 de Estrela do Oeste (SP), com destino à Fazenda Formosa em Poxoréu, errou a estrada e caiu em uma ponte interditada, no Rio Areia Pantanalzinho, no Distrito de Irenópolis, em Juscimeira. O acidente ocorreu às 2 horas da madrugada.
De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura, Celso Fujji, teve apenas prejuízos materiais, o motorista do caminhão Adjunior Gracio Sales não sofreu ferimentos.   “Ele nos informou que estava seguindo o GPS, o qual indicou uma rota alternativa e não a principal que ele deveria transitar, a MT 373, que é a principal via de acesso a Fazenda Formosa, destino final dele”, relatou Celso.
A Prefeitura Municipal registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia Civil, no qual foi informado que o veículo estava com excesso de carga permitido para transitar em estradas vicinais.
“O local estava sinalizado e contenção de terra dos dois lados do rio, limitando a passagem de veículos pesados. Fizemos um paliativo para passagem de carros leves, motos e pedestre para atender a população local, até ser liberados os recursos para construir uma nova ponte”, concluiu o secretário.

Fonte: AMM
Comentários Facebook
Leia mais:  Nobel de Medicina vai para William Kaelin, Sir Peter Ratcliffe e Gregg Semenza
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana