Momento Agro

Prefeitura de Lucas do Rio Verde apresenta pesquisas da agricultura familiar

Publicados

em

Tecnologias, informação e pesquisas, tudo isso em um só lugar, no Show Safra BR 163. E a Prefeitura de Lucas do Rio Verde também está presente levando conhecimento para o agricultor familiar.

Com uma área de aproximadamente um hectare, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente mantém um campo experimental na Fundação Rio Verde, com o apoio do IFMT, Faculdade La Salle e Empaer. Neste ano, mais uma vez o campo experimental está repleto de pesquisas e testes para o pequeno produtor conhecer mais variedades a alternativas de produção.

O campo conta com cinco variedades de manga, uma de acerola, duas de pitaya: roxa e branca, berinjela, quatro variedades de tomate, três variedades de pepino, 20 variedades de mandioca, quatro variedades de flores helicônia, duas variedades de batata doce, três variedades de feijão, quatro variedades de alface, três variedades de pimenta, seis variedades de capim para forragem, trigo mourisco, braquiária, maracujá, couve folha, duas variedades de mamão, abacaxi e oito variedades de cana de açúcar.

Leia Também:  CITROS/CEPEA: Baixa oferta interna mantém tahiti em valorização

De acordo com o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Márcio Albieri, é muito importante que os pequenos produtores e demais pessoas interessadas conheçam os experimentos. “Esta área foi preparada com muita dedicação pela nossa equipe e queremos que o agricultor familiar conheça. É muito importante manter este trabalho de pesquisa para fomentar a produção do município e fortalecer ainda mais a agricultura familiar. Este é o objetivo da Gestão Luiz Binotti, possibilitar ferramentas e meios para melhorara produtividade do pequeno agricultor”.

Além da área de hortifrúti, também está em exposição ovinos, com produtores de Barra do Garças, Tangará da Serra e Campo Verde, e bovinos vindos da Comunidade São Cristóvão.

Para sanar dúvidas e levar mais informação para o pequeno produtor, também será realizada a 6ª edição do Fórum Regional da Agricultura Familiar. Organizado pela prefeitura, o evento acontece no dia 29 de março, no auditório da Fundação Rio Verde.

O fórum tem o objetivo de debater problemas que os agricultores familiares enfrentam no dia a dia, por meio de palestras informativas.
 

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Momento Agro

IPPA/CEPEA: Alta de IPPA se desacelera em maio

Publicados

em


Cepea, 18/06/2021 – De abril para maio, o IPPA/CEPEA (Índice de Preços ao Produtor de Grupos de Produtos Agropecuários) registrou alta de 0,9%, em termos nominais, desacelerando o forte movimento que vinha sendo verificado nos meses anteriores. O resultado do índice geral reflete as variações positivas registradas no IPPA-Grãos, que aumentou 1,2%, e no IPPA-Cana-Café, que subiu 3,9%. Por outro lado, na mesma comparação, o IPPA-Hortifrutícolas recuou 8,3% e o IPPA-Pecuária ficou praticamente estável, com ligeiro avanço de 0,1%. Segundo pesquisadores do Cepea, o desempenho do índice de grãos reflete a variação positiva dos preços nominais do milho, do trigo e do algodão; por outro lado, o índice foi pressionado pela desvalorização do arroz. Para a pecuária, o índice foi influenciado pelos desempenhos dos preços do frango vivo e do leite; no caso do suíno vivo, após quatro meses de quedas consecutivas, tiveram alta modesta em maio, ao passo que o boi gordo se desvalorizou. As altas nominais observadas para os preços do café e da cana-de-açúcar respondem pelo avanço do índice composto por ambos os produtos. Já para os hortifrutícolas, a queda do índice se deve às baixas importantes, em termos nominais, dos preços da uva e da banana e, em menor intensidade, do tomate. Na mesma comparação, o IPA-OG-DI Produtos Industriais, calculado e divulgado pela FGV, teve alta de 3,4% – logo, de abril para maio, os preços agropecuários recuaram frente aos dos industriais da economia. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Leia Também:  Aprosoja orienta o produtor para boas práticas na compra e uso de fertilizantes
Fonte: CEPEA

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA