Momento +

Rapaz que faleceu com esposa e filho no trágico acidente na BR 174 em Mirassol MT havia comprado carro há 30 dias para trabalhar

Publicados

em

Jorge Eduardo Almeida Camilo, 24 anos, que faleceu num trágico acidente de carro, tinha comprado o Fiat Argo há cerca de 30 dias para trabalhar como motorista de aplicativo.

Além dele, morreram a esposa Lohaynne Stephanne Mendes da Silva, 23, e o filho, Pietro Eduardo Mendes Camilo, dez meses, na manhã de terça-feira (29), na BR-174, em Mirassol D’Oeste, no Mato Grosso.

Tia da jovem, Rosimeire Cristina da Silva, lamentou o episódio e comentou que o casal estava animado com a nova fase da vida. “Tinha 30 dias que compraram o carro. Ele comprou para trabalhar e estava na expectativa de começar uma vida nova com a família, de crescer. Ele ia começar a trabalhar com a Uber”, afirma. “Casal jovem que estava começando a vida agora, três anos juntos, e perderam a vida em acidente de carro. É difícil”.

Ela lembra de alguns momentos com a família que morava há pouco tempo no bairro CPA 4. Na infância, Jorge morou no bairro Araés. “Sempre alegre, bonita, feliz”, disse sobre a sobrinha. “Jorginho tenho lembrança dele chegando em casa, brincando, muito alegre, muito feliz. É uma coisa que vai ficar guardada para sempre no coração da gente”.

Leia Também:  Ministério Público de MT poderá criar mais um benefício financeiro para os seus membros que custará mais de 3 milhões aos cofres públicos

O velório da família foi realizado na manhã desta quarta-feira (30), na sala das orquídeas, no complexo de capelas Jardim, em Cuiabá. Um cortejo fúnebre seguiu até o cemitério Parque Bom Jesus por volta do meio-dia.

Diante da repercussão da notícia, Rosimeire Cristina disse que algumas pessoas se mobilizaram para ajudar com custos do velório. No entanto, ela assevera que a família conseguiu cobrir todas as despesas.

O acidente 

O acidente entre o Fiat Argo e a carreta Volvo FH 440 6X2T aconteceu por volta das 10h45 no km 122. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), todos morreram presos entre as ferragens. Já o condutor da carreta não teve ferimentos graves.

Vídeo gravado por uma testemunha, que não será divulgado por respeito as vítimas, mostra o carro totalmente destruído e uma das pessoas mortas.

A rodovia teve que ser parcialmente interditada para os trabalhos da Perícia Técnica (Politec) que irão apurar as circunstâncias do grave acidente.

 

 

Otavio Ventureli(com OD)

Momento +

Empresário é preso em flagrante pela Polícia Civil após assédio sexual contra uma mulher que procurava emprego em sua loja

Publicados

em

Um empresário dono de uma loja, localizada no bairro Jardim Leblon, em Cuiabá, foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na terça-feira (27), após a vítima procurar o Plantão policial de Atendimento à Vítimas de Violência Doméstica e Sexual de Cuiabá.

O homem é acusado de abusar sexualmente de uma jovem durante entrevista de emprego.

A mulher de 18 anos levou o currículo na loja, no bairro Jardim Leblon, após visualizar o anúncio de emprego com vaga para atendente de assistência técnica, na rede social da empresa.

No local, a mulher foi recebida pelo proprietário do estabelecimento que pediu para que a vítima retornasse no final da tarde com roupa mais adequada para que ele e a gerente da loja visualizassem melhor sua aparência.

Quando a jovem retornou à loja, o suspeito estava sozinho e começou a fechar o estabelecimento, dizendo que a gerente tinha saído, mas que logo retornaria.

A partir desse momento, o suspeito passou a assediar a vítima, falando sobre as tatuagens que ela tinha pelo corpo, pedindo para que ela trocasse de roupa e colocasse o uniforme da empresa e em seguida andasse pela loja para ele avaliá-la.

Leia Também:  Lucas do Rio Verde MT registra 5.851 casos confirmados de covid 19 segundo boletim da SES de MT deste domingo(25)

Durante a entrevista, o proprietário disse que faria um teste com ela e que cada pergunta que ela errasse teria que tirar uma peça de roupa, momento em que também começou a tocar o corpo da jovem para ver suas tatuagens. Muito nervosa e chorando, a vítima conseguiu se desvencilhar do suspeito que ainda tentou convencê-la a voltar na loja no dia seguinte.

Ela saiu da empresa e procurou o Plantão de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica e Sexual para registrar a ocorrência.

Imediatamente, a equipe policial do plantão coordenada pela delegada Jannira Laranjeira Siqueira Campos iniciou as diligências para identificar e localizar o suspeito, que foi preso em flagrante em uma residência no bairro Ribeirão do Lipa em Cuiabá.

O suspeito foi conduzido ao Plantão, onde foi interrogado pela delegada plantonista e autuado em flagrante por estupro.

“O que chama atenção é que a vaga divulgada pela empresa era para atendente, serviço realizado exclusivamente por telefone. Mesmo assim, o suspeito alegou a aparência da vítima para buscar a oportunidade para ficar sozinho com ela e praticar o abuso”, disse a delegada.

Leia Também:  Levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Púbica indica que Mato Grosso ocupa o 1º lugar em casos de racismo no ranking nacional

 

 

Otavio Ventureli(da redação com OD)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA