Momento +

Testemunha afirma que Deputada Federal Flordelis e o ex-marido pastor Anderson mantinham relações sexuais com filhos e filhas

Publicados

em

Uma pessoa que morou na casa da deputada federal Flordelis, cuja cassação do mandato é questão de tempo, afirmou que ela e o ex-marido assassinado, pastor Anderson do Carmo, mantinham relações sexuais com filhos e filhas.

A pessoa, que prefere se manter no anonimato, disse  que tem medo de sofrer represálias da família da deputada.

A testemunha afirmou nesta segunda-feira(31)  que morou na casa de Flordelis – informação que é reforçada por testemunhas ouvidas na investigação sobre a morte do pastor Anderson, crime que Flordelis é acusada de ser a mandante.

No relato dessa testemunha,  as histórias desconstroem a imagem de mãe amorosa e mulher bem intencionada que Flordelis exibia.

A pessoa ouvida  também relatou práticas sexuais envolvendo moradores da casa. Durante o convívio, era perceptível que eles mantinham relações sexuais entre irmãos, entre pai e filha, entre mãe e filhos. Isso era nítido, notório, e inclusive contado pelos próprios.”

De acordo com o relato, a história de amor do casal Flordelis e Anderson começou a mudar quando o pastor começou a mandar mais do que a deputada nos negócios da família.

Leia Também:  Sem Leandro Castàn e Benitez Vasco enfrenta o Coritiba neste domingo(20) às 16hs no Couto Pereira pela 11ª rodada do Brasileirão

Anderson se tornou uma pedra no sapato pra Flordelis. E ela fez com ele exatamente o que ela faz com todos: retira do caminho.”

Ao desabafar, a pessoa afirmou ter percebido as mentiras de Flordelis – e do pastor.

“O que eles pregam não é exatamente o que eles vivem. Eles vivem uma vida de mentira, uma vida de omissões, uma vida sem amor, uma vida voltada praticamente pra si, pelo dinheiro, riqueza e fama.”

Otavio Ventureli(da redação com G1)

Momento +

Pênalti assinalado aos 12 minutos do primeiro tempo e convertido pelo Brocador dá vitória ao Sport diante do Fluminense neste domingo na Ilha

Publicados

em

A partida começou em ritmo acelerado, neste domingo(20)  na Ilha do Retiro. O Sport aparecia com as melhores chances e, mesmo com a menor posse de bola, largou com o maior número de finalizações.

Não à toa, abriu aos 12 minutos com Hernane Brocador, de pênalti. O Fluminense cresceu na segunda etapa, fez pressão sobre o Rubro-negro e por mais de uma vez ficou muito perto de marcar. Mas pecou nas finalizações. Assim, o Leão terminou vencendo por 1 a 0.

O Sport saiu na frente com as melhores chances no primeiro tempo. Tanto que logo aos três minutos teve uma oportunidade perigosa com Patric. Pouco depois, aos 10, ganhou um pênalti com Barcia derrubado na área e converteu com Hernane Brocador.]

Até o término da primeira etapa, o Rubro-negro dominou as finalizações. O Fluminense ainda arriscou com Ganso de longe. A tentativa até que foi boa, mas terminou indo para fora. Com isso, as equipes saíram para o intervalo com o Leão vencendo por 1 a 0.

Na etapa complementar o Fluminense foi muito mais time que o Sport, mas não conseguiu traduzir em gols as inúmeras oportunidades desperdiçadas. Com 75% de posse de bola, o tricolor carioca forçou o Leão da Ilha a se manter em seu campo na maior parte da etapa complementar.

Leia Também:  Prefeita de Sinop MT afirma que decisão de não mais concorrer a reeleição nas eleições de novembro próximo é de ordem pessoal

 

 

Otavio Ventureli(da redação)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA